Warning: file_get_contents(http://www.reduxframework.com/wp-content/uploads/redux/redux_notice.json): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/plugins/redux-framework/ReduxCore/inc/class.redux_filesystem.php on line 186 Call Stack: 0.0001 240176 1. {main}() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/index.php:0 0.0002 240768 2. require('/home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-blog-header.php') /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/index.php:17 0.0002 241688 3. require_once('/home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-load.php') /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-blog-header.php:12 0.0003 242344 4. require_once('/home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-config.php') /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-load.php:29 0.0003 244584 5. require_once('/home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-settings.php') /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-config.php:82 0.1560 6595896 6. include('/home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/themes/medic-final/functions.php') /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-settings.php:329 0.3012 7330280 7. require_once('/home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/themes/medic-final/admin/redux-framework/options-init.php') /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/themes/medic-final/functions.php:275 0.3014 7330800 8. admin_folder_Redux_Framework_config->__construct() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/themes/medic-final/admin/redux-framework/options-init.php:529 0.3015 7331096 9. admin_folder_Redux_Framework_config->initSettings() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/themes/medic-final/admin/redux-framework/options-init.php:25 0.3052 7397856 10. ReduxFramework->__construct() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/themes/medic-final/admin/redux-framework/options-init.php:66 0.3133 7691048 11. reduxNewsflash->__construct() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/plugins/redux-framework/ReduxCore/framework.php:418 0.3134 7693088 12. reduxNewsflash->get_notice_json() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/plugins/redux-framework/ReduxCore/core/newsflash.php:44 0.3135 7693384 13. Redux_Filesystem->execute() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/plugins/redux-framework/ReduxCore/core/newsflash.php:58 0.3161 7763840 14. Redux_Filesystem->do_action() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/plugins/redux-framework/ReduxCore/inc/class.redux_filesystem.php:92 0.3161 7764032 15. file_get_contents() /home/clinimagemjuazeiro.com.br/public/wp_system/wp-content/plugins/redux-framework/ReduxCore/inc/class.redux_filesystem.php:186 Cientistas descobrem diagnóstico precoce e simples para Alzheimer | Clinimagem
alzheimers-brainpuzzle-512

Cientistas descobrem diagnóstico precoce e simples para Alzheimer

Postado em 9 de dezembro de 2015 com 0 comentários

Punção lombar ou tomografia com marcador biológico vão facilitar exames.
Estudo foi publicado na revista britânica ‘The Lancet Neurology’.
O Mal de Alzheimer poderá ser, a partir de agora, diagnosticado de forma precoce e confiável, graças a novos marcadores biológicos, segundo um estudo feito por um grupo internacional de neurologistas. O estudo foi publicado na revista britânica “The Lancet Neurology”.
Após nove anos de trabalho, os cientistas definiram e validaram novos critérios para diagnosticar esta doença neurodegenerativa em plena expansão. O Alzheimer afeta 40 milhões de pessoas no mundo e previsões indicam que em 2050 o número de doentes terá triplicado.
A doença começa geralmente com transtornos de memória, seguidos de problemas de orientação espacial e temporal, transtornos de comportamento e perda de autonomia. Mas esses sintomas não são específicos do Alzheimer apenas e a doença “não podia ser diagnosticada até agora de forma segura em um estágio precoce”, explicou o professor Dubois.
Era necessário, geralmente, esperar que a doença evoluísse para a demência ou que o doente morresse para poder examinar as lesões que ele tinha no cérebro. Após analisar os estudos publicados sobre o tema, os cientistas chegaram a um consenso de diagnóstico do Alzheimer, com dois perfis clínicos específicos.
Os casos típicos (80% a 85% dos casos) se caracterizam por problemas de memória episódica de longo prazo (lembrança voluntária de fatos), enquanto nos casos atípicos (15% a 20% dos casos) são encontrados transtornos da memória verbal ou de comportamento.
Punção lombar é marcador biológico
Cada um desses perfis, segundo os cientistas, deve ser confirmado por pelo menos um marcador biológico. Trata-se de uma punção lombar que mostra o nível anormal de proteínas cerebrais no líquido cefalorraquidiano ou de uma tomografia por emissão de pósitrons (TEP) do cérebro, um exame de imagem que permite visualizar a atividade dos tecidos.
Embora por enquanto não haja tratamento eficaz contra o Alzheimer, a detecção confiável e precoce deve facilitar a pesquisa, afirmou Dubois.
Esses trabalhos permitiriam aos pesquisadores se dar conta de que muitos diagnósticos estabelecidos segundo os antigos critérios estavam errados, entre eles 36% dos falsos doentes de Alzheimer incluídos em um teste terapêutico anterior.
Fora da pesquisa, o uso de marcadores biológicos se limita atualmente a pacientes jovens ou a casos difíceis, pois a técnica é cara e invasiva.
Fonte: g1.globo.com

Tags: Alzheimer, clinimagem

Comentários

LiveZilla Live Chat Software